Padre Cícero Machado

Em 21/11/2017 às 10:39h

Aprender o Amor de Deus na Liturgia

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Conheça o autor

Existe um dia na Igreja em que celebramos o dia de Cristo o Rei do Universo. É a virada do ano. Aí alguns de vocês devem se perguntar: "Mas a virada do ano não seria no dia 31 de dezembro e o dia primeiro de janeiro não é o Ano Novo? Mas porque então o Padre Cícero está falando de virada do ano no dia de Cristo Rei? "

Calma que vou explicar. É porque no domingo de Cristo Rei quem for à missa vai celebrar o final do ano para a Igreja, ou seja é o último dia do ano litúrgico não do ano civil.

Vamos entender ainda melhor... Acompanhem atentamente comigo.

Às vezes escutamos dizer que os católicos não leem a Bíblia e que não carregam a Bíblia para a Igreja. Precisamos, então entender que o jeito de ser da religião Católica é diferente do jeito de ser das outras religiões ou seitas. Não podemos compará-las. Quem diz que o católico não lê a Bíblia tá muito enganado. Claro que nós católicos lemos a Bíblia, mas do jeito católico de ser e de ler.

Vou dar um exemplo: nós católicos temos uma coisa que se chama tempos litúrgicos dentro do ano litúrgico. Assim como as escolas tem ano letivo, que começa em fevereiro ou março de acordo com a escola, assim também a Igreja tem o ANO LITÚRGICO.

Já ouvimos falar dele, ele é composto do tempo Advento e Natal, Quaresma, Páscoa, Tempo Comum e no meio do ano Litúrgico a igreja celebras as festas dos santos e santas da Igreja. Cada nome desse se encaixa durante o ano até que se cumpra os seus 365 dias. Para cada dia tem um evangelho, uma leitura do Antigo Testamento, um salmo e cartas dos apóstolos São Paulo, São Pedro, São Tiago e São João e também dos Atos dos Apóstolos, somando tudo chegaremos à conclusão que este católico leu a Bíblia mais do que qualquer pessoa de outra religião ou seita. Sabe porquê? Vou dizer...

Quem organizou a nossa Igreja, ou seja, os Papas, juntamente com os doutores de teologia, se preocuparam em dividir, para todos os anos, uma maneira didática onde todos os fiéis católicos pudessem, não somente ler os evangelhos, mas também entender verdadeiramente o que estão lendo. Isto é que difere a Religião Católica de todas as outras, pois quem vai à missa vai ler o evangelho e os textos da Bíblia com alguém para explicar. Esse alguém, na maioria das vezes, é uma pessoa que estudou uma faculdade de filosofia e teologia somando, no mínimo oito a dez anos de estudos para graduação e mais alguns anos para quem quer fazer a licenciatura ou doutorado em filosofia ou teologia... São os padres. E se eles não podem ir explicar, eles vão preparar alguém com cursos de teologia pastoral ou cursos de formação periódicos para que estes estejam capacitados a falar em nome do padre que não pode estar ali ou da Igreja, são os ministros da Palavra.

Contudo, o mais importante não é a explicação, ou a pregação do padre, do ministro ou do pastor, o mais importante é que se ouviu e se leu a Palavra de Deus e o Evangelho de Jesus Cristo.

Quer dizer que nós católicos temos um trecho do evangelho para cada dia do ano. Lemos 365 trechos dos evangelhos durante todo ano. Quase todos os 150 Salmos.

Na Igreja temos missas todos os dias, isto quer dizer que se o católico vai à missa todos os dias ele no final do ano terá lido 365 trechos do evangelho. E se o católico for a missa todos os domingos, cumprindo a sua religião, no final das contas, terá lido em um ano, 52 trechos dos evangelhos e mais 52 trechos distribuídos entre a lei e os profetas, as cartas e os Atos dos Apóstolos.

Aqueles que se dedicam a sua religião, sejam católicos ou sejam evangélicos ou protestantes são leitores da Bíblia, cada um a seu jeito de acordo com sua doutrina.

Com a celebração do Cristo Rei do universo encerramos o ANO LITÚRGICO, e eu quero é dar os parabéns às pessoas, fiéis católicos, que se dedicaram a ir à missa todos os dias, ou ao menos aos domingos. Vocês leram a Palavra de Deus sim. Se Alguém disser que você não lê a bíblia, pode desmentir esta pessoa, porque você terá lido a Bíblia mais do que qualquer um outro. Você sim, leu, entendeu e aprendeu a Palavra de Deus, e saiba que Deus mesmo ajuda a coloca-la em pratica. Parabéns.

Para rezar e meditar:

Oração de São Tomás de Aquino para antes de ir à missa

Deus eterno e todo-poderoso, eis que me aproximo do sacramento do vosso Filho único, Nosso Senhor Jesus Cristo. Impuro, venho à fonte da misericórdia; cego, à luz da eterna claridade; pobre e indigente, ao Senhor do céu e da terra. Imploro, pois, a abundância da vossa liberalidade, para que Vos digneis curar a minha fraqueza, lavar as minhas manchas, iluminar a minha cegueira, enriquecer a minha pobreza, vestir a minha nudez.

Que eu receba o Pão dos Anjos, o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, com o respeito e a humildade, a contrição e a devoção, a pureza e a fé, o propósito e a intenção que convêm à salvação da minha alma.

Dai-me que receba não só o sacramento do Corpo e do Sangue do Senhor, mas também o seu efeito e a sua força. Ó Deus de mansidão, fazei-me acolher com tais disposições o Corpo que o vosso Filho único, Nosso Senhor Jesus Cristo, recebeu da Virgem Maria, que seja incorporado ao seu Corpo Místico e contado entre os seus membros. Ó Pai cheio de amor, fazei que, recebendo agora o vosso Filho sob o véu do sacramento, possa na eternidade contemplá-la face a face.

Vós, que viveis e reinais na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos.
Amém.

Música 1:Novas Liturgias - Pe. Zezinho Scj
Música 2:O padre - Pe. João Maria e Elba Ramalho


Autor: Padre Cícero Machado


Tags relacionadas: Pe. Cícero Machado, Paróquia São Paulo

Fotos

Rua Dr Afonso Canedo, 47 Muriaé - MG, 36880-000 - 32 3722-2363 | Todos os direitos reservados a Paroquia São Paulo

Todos os direitos reservados a